Cree en grande.
CONMEBOL

Faleceu 'El Trinche" Carlovich, o mito rosarino

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(66) : eval()'d code).
Faleceu 'El Trinche" Carlovich, o mito rosarino

Tomás Felipe 'el Trinche' Carlovich morreu nesta sexta-feira, aos 74 anos. Era uma lenda do futebol argentino e, apesar de que tem poucos registros dos seus jogos, várias glórias o apontam como um dos melhores jogadores argentinos da história.

Carlovich nasceu em Rosário, uma das cidades mais futeboleiras da Argentina, e ali não são poucos os que garantem que foi melhor que Lionel Messi, Diego Maradona ou Alfredo Di Stéfano, apesar dos escassos registros das suas jogadas e gols.

“Sua lenda é um lugar comum em Rosário, em toda a província de Santa Fe. Tornou-se um símbolo de um futebol romântico que já praticamente não existe", disse o também santafesino Jorge Valdano em 2015 em um programa do Informe Robinson dedicado ao craque rosarino.

“Fiquei emocionado de ver Carlovich. Tenho uma lembrança inesquecível. Era um artista", disse José Pekerman no mesmo programa.

“Parecia que a bola conduzia Carlovich. Uma bola inteligente, que desfruta de fazer arte e leva um jogador", disse César Luis Menotti.

Carlovich é considerado um emblema do futebol de Rosário e da Argentina pese ter jogado a maior parte da sua carreira em categorias inferiores e só quatro jogos na Primeira Divisão com Rosário Central e o Colón.

As escassas crônicas da época e as pessoas que viram ele jogar asseguram que era um meio-campista esquerdo, lírico, elegante, muito habilidoso e técnico, capaz de fazer movimentos surpreendentes.

Gonzalo Belloso, ídolo da torcida do Rosário Central e atual Diretor de Desenvolvimento da CONMEBOL, expressou suas condolências pela morte de Carlovich.

 

 

 

CONMEBOL.com 

Com informação da EFE