Cree en grande.
CONMEBOL

Comunicado sobre questionamentos quanto à calendarização

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(66) : eval()'d code).
Comunicado sobre questionamentos quanto à calendarização

Luque, Paraguai - 03 de agosto de 2019. Após alguns questionamentos e desinformação sobre a calendarização das competições de clubes, a Confederação Sul-Americana de Futebol - CONMEBOL- esclarece à opinião pública que:

1. O calendário de competições da CONMEBOL foi aprovado pelo Conselho da CONMEBOL, representado por suas 10 Associações Membro, e publicado em outubro de 2018, a fim de dar clareza e previsibilidade a todos os grupos de interesse prévio ao início das competições. 

2. Além disso, as datas do calendário de competições foram socializadas com os Diretores de Competições das 10 Associações Membro em 27 de maio de 2019, em uma reunião realizada em Buenos Aires, antes do início da Segunda Fase das competições de clubes.

3. Da mesma forma, as datas do calendário foram socializadas diretamente com os clubes participantes de cada competição em duas ocasiões: (i) em 13 de maio de 2019, durante a reunião realizada no dia do sorteio das Oitavas de Final da CONMEBOL Libertadores; e (ii), em 11 de julho de 2019, durante a reunião da Subcomissão de Clubes, órgão constituído pelos presidentes dos 16 clubes classificados para as Oitavas de Final.

4. Desde 2017, todas as partidas da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sul-Americana são disputadas nas terças, quartas e quintas-feiras, e é de conhecimento público e previsível para os clubes participantes que possam ter que jogar em qualquer um desses três (3) dias.

5. Desde a publicação do calendário de competições de 2019, a CONMEBOL não recebeu nenhuma solicitação nem considerou reprogramar as partidas, uma vez que a política de calendarização prévia adotada desde 2016 se baseia no princípio de Regras Claras, um pilar fundamental para promover a transparência e o jogo limpo, e deixar para trás as velhas práticas de intervenção indevida que causaram tanto dano ao futebol sul-americano.